Serra do Ermida 357

fotografias Daniela de Moraes

Em 1990 o Brasil sofreu o impacto de um pacote econômico que consistiu no confisco das aplicações bancárias da população, denominado Plano Collor. Suas medidas abusivas abalaram a sociedade, faliram famílias e empresários, levando várias pessoas ao suicídio. Abordando questões sobre vida e morte, tragicidade e afetividades, este projeto desdobra-se em uma trilogia em formato de livro.

No primeiro volume, Daniela de Moraes refaz o caminho trilhado pelo avô de seu filho, representando subjetivamente o local onde ele suicidou-se. Dessas imagens desprendem-se potentes símbolos, propícios para especular sobre as incertezas que rondam as decisões tomadas ao longo da vida.

Num segundo momento, a artista intervém em imagens do álbum de família do personagem central dessa história, reconstruindo cronologicamente sua trajetória da infância à vida adulta. Ao final, um encarte reedita imagens e notícias de jornais de 1990, contextualizando o momento sócio-político da época (...).

(FONTE: a publicação)

Identificação
Título
Serra do Ermida 357
Tipo de Publicação
Cidade de Edição
Estado de Edição
País de Edição
Editora
Ano de publicação
2016
Número de Páginas
80 p.
ISBN / ISSN
9788563824035
Idioma
Ficha Técnica
Autoria (Fotografia)
Edição de Imagem
Projeto Gráfico
Impressão
Forma Física
Largura (cm)
18
Altura (cm)
24
Tiragem
500
Tipo de capa
Flexível
Tipo de encadernação
Folhas soltas dobradas
Conteúdos
Assuntos Fotográficos
Assuntos Gerais
A+
A-